Pular para o conteúdo principal

FUNDAÇÃO

O mês de abril foi representativo para o movimento espírita internacional. Inúmeras comemorações pelo centenário de nascimento do médium Francisco Candido Xavier tiveram expressiva repercussão, especialmente no Brasil.

Destacamos o 3º Congresso Brasileiro de Espiritismo, promovido pela Federação Espírita Brasileira, realizado em Brasília, de 16 a 18 de abril de 2010, com o tema “Chico Xavier: Mediunidade e Caridade com Jesus e Kardec”.

Em Niterói, o 38º Conselho Espírita de Unificação (Ceunit) promoveu o VII Mês da Cultura Espírita como parte das comemorações.

Após cinco anos de atividades, um grupo de estudos espíritas, em Niterói, foi oficialmente constituído e inaugurado, em noite memorável, em 25 de abril de 2010, sob a denominação Núcleo Espírita Chico Xavier (NECX), justa homenagem ao apóstolo do espiritismo.





Antecedendo à inauguração do  Núcleo, o grupo de estudos recebeu nos dias 11 e 17 de abril, os expositores Jhon Harley, de Pedro Leopoldo, MG, e Flavio Mussa Tavares, de Campos, RJ, que trouxeram a palavra descontraída discorreram sobre o saudoso medianeiro de Uberaba.



Estiveram presentes à solenidade inaugural cerca de 160 pessoas, Cerca de 160 pessoas compareceram à solenidade, distribuídas entre o salão principal e a área externa equipada com telão. Em destaque as participações do odontólogo e filho do coração de Chico Xavier, Eurípedes Humberto Higino Reis; do orador e autor Geraldo Lemos Neto, da capital mineira; de Neuza de Assis, do Grupo Espírita da Prece, de Uberaba, e com a harmonização do Grupo Vocal da Casa Maria de Magdala.
.
Em cativante exposição, Geraldinho, como é conhecido no movimento espírita, trouxe aspectos da personalidade cativante de Chico Xavier, além de casos curiosos ocorridos com o médium, e ressaltou o papel fundamental que a sua obra mediúnica representa para o desenvolvimento do espiritismo.


Eurípedes, presidente do Grupo Espírita da Prece, da Livraria FCX e diretor do Museu Chico Xavier, todos em Uberaba, continuador da obra de assistência social de seu pai, entrevistado por Yeda Hungria, abordou fatos da intimidade do inesquecível amigo e ser humano, corroborando a grandeza de seu caráter eminentemente cristão. Ressaltou o valor da vivência na simplicidade, necessária às instituições espíritas, para permitir maior identificação, também, com as camadas mais simples da população.



Ao término do evento, sob forte emoção, todos receberam belíssimas rosas vermelhas e marcadores de páginas.






O inesquecível homenageado                                                   Aspecto parcial do público


Área externa                                                                  Área externa com telão

Yeda Hungria, antecedendo a entrevista com Eurípedes Higino dos Reis.
Marcio Hungria na abertura da solenidade.
Rui Ribeiro lendo a página inicial.
 Regilda Medeiros, prece de abertura.
 Neuza de Assis (Uberaba)
Monica Scharf declamando.
Maria Helena encerrou o evento com a prece final.

Onde Estamos (clique no mapa)

Onde Estamos (clique no mapa)
Rua das Tainhas, 10 - Jardim Imbuí, Piratininga - Niterói - Rio de Janeiro

Facebook

Youtube